top of page

ORIENTAÇÕES AO
         USUÁRIO

A resiliência no ambiente construído é entendida como a capacidade do ambiente de adaptar-se a diferentes impactos ao longo do tempo, sendo um aspecto fundamental para elevar a qualidade da habitação social, uma vez que está diretamente ligada aos conceitos de sustentabilidade, vulnerabilidade e capacidade adaptativa. No contexto das moradias do Brasil, de padronização tipológica e baixa qualidade arquitetônica, a resiliência emerge como uma qualidade crucial para lidar com as adversidades socieconômicas, ambientais e físicas ao longo do tempo. A ausência de assistência técnica adequada e a falta de acesso às informações técnicas de qualidade para realizar intervenções nas moradias, têm ampliado sua vulnerabilidade, notadamente em habitações sociais horizontais unifamiliares (casas térreas).

Nesse sentido, essa pesquisa da continuidade ao projeto “[BER_HOME] Resiliência no ambiente construído em habitação social: métodos de avaliação tecnologicamente avançados” e objetiva identificar e disponibilizar estratégias projetuais para reformas e intervenções em unidades de habitação social horizontal unifamiliar, visando a promoção da sua resiliência.

Inpactos da (6).png
Resistência_edited.png
Conforto Ambiental_edited.png
Flexibilidade.png
Acessibilidade.png
Inpactos da (13)_edited.png
Inpactos da (14).png
Atributo

ATRIBUTO
ADAPTAÇÃO DE RENDA

Geração de renda são todas as atividades que utilizam o espaço da casa para gerar a renda familiar ou individual. O trabalho na casa se dá de várias formas, trabalho autônomo, trabalho assalariado, podendo ser ou não registrado, podemos usar como exemplo, nesse sentido o home office, trabalho artesanal e informa

Inpactos da (14).png

INDICADORES
ADAPTAÇÃO DE RENDA

Indicadores

RECOMENDAÇÕES
ADAPTAÇÃO DE RENDA

Recomendações
bottom of page